Dando um fim

Obrigado por me avisarQue eu estaria em perigoSim, decidi me arriscarMergulhei sabendo nadarÉ claro, conhecia os riscos Os fogos explodem lá foraEntre bebidas, mulheres, amigosSe Copacabana aguenta o marSuportará você tambémDando fim a sua história comigo Mas obrigado por me avisarQue eu estaria em perigoAgora, deixe-me comemorarOs fogos explodem lá foraHá comida e música ao... Continuar Lendo →

Everybody’s got to learn sometime

Oi. Acredito que ao enviar sua última carta, você já não esperava mais nenhuma resposta. Provavelmente achou que meu ódio sobressairia meu desejo quase natural de dar a última palavra na discussão, de ser o último a falar e conceber o ponto final dos dilemas e conflitos. Pois bem, se assim pensou, você estava errada.... Continuar Lendo →

I Guess That’s Why They Call It The Blues

As flechas surgem nos momentos de fragilidade. As dores aparecem mediante ao temor. Os golpes atestam a traição, o desespero conclui a infelicidade. Nem as trevas noturnas são tão deprimentes quanto os dias mais cinzas. A solidão da noite não é nada quando comparada ao conjunto de horas esperando uma solução, aguardando pelo pior, encarando... Continuar Lendo →

Deixa pra lá!

A sala estava uma bagunça porque todas as coisas ainda estavam empacotadas. Paloma sentou no sofá girando as chaves da nova casa com a mão direita. Havia ficado entediada, faltava apenas uns dez por cento para o tédio consumir seu cérebro de vez. tinha muito o que fazer, não sabia por onde começar. Seu relacionamento... Continuar Lendo →

The last letter

  Olá. Não foi fácil voltar a lhe escrever, então peço que apenas leia essa carta quando de fato estiver com tempo disponível para ela. Mas... caso tenha concluído que as minhas palavras não possuem mais relevância, por favor, não perca seu tempo! Lance tudo ao fogo, na primeira chance que vier. De qualquer modo, precisarei... Continuar Lendo →

Selene

  Quantos homens você continuará a magoar até perceber que o problema não está na espécie masculina, está em você? Quantas estações se passarão, quantas lágrimas cairão e quantas rugas ainda precisam cicatrizar, no seu lindo rosto, para que percebas o óbvio? Tua verdade evidente. Cada nova relação amorosa, carrega a mesma versão, sempre contada... Continuar Lendo →

In the end

Olá... Quer saber? No decorrer da história humana, a tarefa "esquecer" sempre foi meio inútil. Omissão do passado, afogamento das emoções e obstrução dos sentimentos são, dentre outras coisas, táticas venenosas que só pioram ainda mais a situação. Eu não recomendo, não enquanto houver opções melhores. Diferentemente da crença popular, a tentativa de esquecer fases... Continuar Lendo →

1 de Julho

    Na vida há fases boas e ruins, disso sabemos. É quase uma lei natural. Só que ultimamente ando observando nas pessoas um determinando comportamento covarde. Comportamento do qual deveria ser evitado e se possível eliminado. Hoje em especial, falarei um pouco sobre ele... Ah! Antes de começar, Eu queria dizer que se você... Continuar Lendo →

O incrível natal de Nicolas Volkov

  Nicolas Volkov nasceu na Alemanha em 1985, entretanto no desejo de viverem próximos aos parentes, seus pais se mudaram para a Ucrânia, dois anos depois. Na véspera de natal de 2001, já com dezesseis anos, ele e a família se reuniram na casa dos avós na cidade de Kiev, onde também morava, para juntos... Continuar Lendo →

Sem romance! Por favor…

    O amor deixa de existir quando não é correspondido. Essa é a minha máxima! Esse é o ponto de partida. Podem colocar a afirmação num quadro, numa lápide, ou no status de qualquer professor quarentão e solitário, cheio de gatos em casa. O amor deixa de existir quando não é correspondido, pois é só... Continuar Lendo →

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: