Aimê

Olá minha cara, tudo bem? Peço perdão pela demora, precisei de um tempo só pra mim e reclusões me ajudam a colocar a cabeça no lugar. Obrigado por perguntar como estou e por demonstrar preocupações. É bom encontrar pessoas que ainda se importam. São como as luzes de um farol em meio a tempestade. Eu... Continuar Lendo →

Heterocromia

Adilson sempre teve um fascínio enorme pelo olhar feminino. Se uma garota de olhos claros passasse pela gente, ele logo ficava encantado. Sua mente silenciava, a realidade parecia rodar em câmera lenta como nos filmes. Era horrível quando estávamos juntos e acontecia isso, pois eu era obrigado a repetir tudo que estava dizendo assim que... Continuar Lendo →

Previsivelmente imprevisível

Depois que largamos o expediente e trancamos a empresa, caminhamos até a esquina da rua e sentamos na mesa de um bar. Era o único bar em três quarteirões, nosso point certo de todas as sextas-feiras. Não ficamos dentro do bar, pegamos uma mesa na calçada. Era a trupe de sempre: eu, Joana, Alexandre, Eduardo,... Continuar Lendo →

Consequências

O cheiro forte de tinta se espalhava por quase todo escritório, a coisa andava complicada assim há semanas. Ainda bem que as obras realizadas nos corredores do prédio estavam acabando, logo a galera do contábil poderia voltar a respirar em paz. O negócio fica num edifício na Presidente Vargas, lá em cima, no vigésimo andar.... Continuar Lendo →

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: