Space Oddity

O alarme tocou "Come a Little Bit Closer", as cortinas eletrônicas se abriram e o precário feixo de luz solar atingiu o rosto de Tom. Ergueu-se, bocejou e se atirou no chão feito um saco de batatas. Ficou ali, deitado, com a coluna ereta no piso gelado por um longuíssimo tempo. Depois ganhou coragem, virou... Continuar Lendo →

Coração Oco

No princípio eu acreditava que o vazio era um mal que só alcançava os grandes pensadores, os mais cultos, os membros da alta classe e os maiores filósofos de um século. Dostoiévski sofreu com ele, Nietzsche explicou-o por demasiado, Schopenhauer e Hegel falaram até cansar. Mas tudo se tornou confuso após alguns anos quando eu... Continuar Lendo →

estreito

As relações estão tão estreitas que mal enxergo o outro lado do corredor. As luzes estão fracas e meu sentimentalismo exacerbado explode grandes montanhas cheias de vento. Vivo sem janelas no quarto, meus pulmões crus respiram incenso e cigarro. Possuo medos quase temporários, visitas planejadas, músicas repetidas e etc. O sol se levanta e não... Continuar Lendo →

Caderno de anotações

Ela pegou seu caderno de anotações e pôs-se a escrever: Hoje me bateu uma vontade enorme de te ligar. Não desejei enviar mensagem, queria mesmo era ouvir o som da sua voz. Faz tanto tempo que não nos falamos. Adoraria saber como você está, o que anda fazendo... Cogitei ligar de um número desconhecido, pois... Continuar Lendo →

About passion

Você não se apaixona por uma pessoa, se apaixona por um perfil. Por uma personalidade que, se remodelada, leva sua paixão para o caixão. Segundo o dicionário, uma das definições da palavra perfil é “descrição em traços rápidos: retrato moral de uma pessoa”. Logo, você se apaixona por um retrato moral e não pelo indivíduo... Continuar Lendo →

Instantes

Hoje esperando o ônibus me deparei com uma senhora. Uma senhora alegre. E eu me perguntava porquê ela demonstrava de forma tão sutil tanta felicidade. Sua altivez me impressionou. No decorrer da conversa ela me contou que teve câncer, tirou a mama e está fazendo outros exames, pois desconfia-se que ela possa ter outro câncer.... Continuar Lendo →

Sobre ter amigos…

É difícil, não é? Confiar em alguém. Encontrar um colo pra desabar naqueles momentos complicados. Triste, você tem andado triste. Teu sorriso já não brilha mais. É difícil enfrentar a tristeza sozinha. Nunca fui muito de demonstrar sentimentos, nunca fui muito de me abrir com qualquer um. Sou alguém de raríssimos amigão. Sempre acreditei que... Continuar Lendo →

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: