De outra dimensão

Hoje cheguei a
Maldita conclusão
De que não temos
O mesmo time
Para o amor.
Tu gosta das minhas
palavras
Tu ama as minhas
piadas
E ao meu ver o nosso
Momento é agora
Podemos fazer funcionar
Mas ao saber disso
Você me ignora
Porque infelizmente nós
Não temos o mesmo time
para o amor

O seu momento será
Daqui a uns vinte anos
Numa tarde radioativa
Enquanto tu ministra
Uma de suas aulas de
literatura
Um aluno se levantará para
Ler um dos meus poemas
E dirá: “sim, ele é um cara
novo no mercado. Sim, todos nós
gostamos dele”.
Daí, você se lembrará de mim
Daí, você perguntará por mim
Sentirá minha falta e, enfim
Mandará uma mensagem
Eu te responderei e te darei
atenção
E você gostará das minhas
palavras
E você dará risadas das minhas
piadas
E irá, enfim, me convidar para sair.
Deixando claro que poderemos
Fazer funcionar.
Só que eu direi não
Porque já terei chegado a
Bendita conclusão
De que não temos
O mesmo time
Para o amor.

E minha maneira de superar
Não me permite voltar atrás,
infelizmente
Talvez por isso enrole tanto
Para colocar um ponto final
Talvez…

3 comentários em “De outra dimensão

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: