Corpos quentes

Mulher, belo é teu olhar profundo,

Teu cheiro melhor perfume,

Provo de ti, desejo-a intensamente,

Amar-te eternamente em cada instante,

Estou dentro de ti, e a beijo em intensa poesia,

E meus dedos deslizam tua pele, mordo teus lábios.

Nossas almas se abraçam e sentem prazer,

Amo você de verdade, e tenho a chave de teu corpo.

E os corpos quentes e arrepiados se encontram na calada da noite,

Se juntam em suor e transe místico,

Se descrevem, se entendem, se amam.

E esse olhar profundo, retrato da alma,

Encontra contemplativo minha voz firme e sincera.

Cada vez mais e mais, em incessante desejo!

E essas noites quentes, amantes, provam que

Não são frias palavras descompromissadas,

Muito menos esperanças vazias de um “E se”

Mas entrega mútua, reciproca busca pela outro

Que é o verdadeiro amor.

 

 

 

 

 

 

2 comentários em “Corpos quentes

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: