um pardal toma banho numa poça d’água. eu espero o ônibus e penso “queria ser feito aquele pássaro e não ter medo de alçar voos, me molhar nas poças d’água que encontro pelo caminho”. da última vez que tentei alçar voo bati em algo e caí. acho que é o medo de bater que me impede de tentar de novo. não importa. pessoas inspiram pessoas, mas os pássaros… ah, os pássaros! aquele banho na poça d’água, aquele voo meio desajeitado que ganhou leveza e altura e beleza… acho que não tenho mais medo de bater, de cair pra cima.

Anúncios