No busão das oito

Já que a causa da minha
Inspiração
É justamente a sua falta
Aqui
Eu torço muito para que
Um dia
A abundância da sua
Presença
Seja a razão dos meus
Poemas

E que as antigas poesias
Tristes
Se transformem em canções
Alegres
E que todos os meus contos
Irracionais
Se tornem crônicas de profunda
Paixão
E que o velho deserto de
Violenta angustia
Se converta num paraíso
De amor profundo

Ora meu amor, compreenda;
Que podendo ou não
Amar você
Eu jamais deixarei de
Te escrever
Mas melhor seria ter uma causa
Tão linda quanto tu
Pra poder sorrir, pra poder viver

Anúncios

2 comentários em “No busão das oito

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: